Categorias:

Entenda como é feita a pesquisa mineral na mineração

Imagem do avatar de
Publicado por Epuc Blog

Existem certas áreas de estudo que compreendem diferentes aspectos de uma pesquisa. Quando falamos da pesquisa mineral na mineração, é possível observar que essa é feita a partir de processos e que muitos deles exigem tempo para serem concluídos. Naturalmente, é importante que eles aconteçam para existir o mínimo de erro possível.

Essa pesquisa mineral na mineração é realizada em campo e laboratório. Elas envolvem diferentes situações, como os levantamentos geológicos de determinada região, ou até mesmo sondagens. Tudo isso com o objetivo de ser assertivo. 

Uma boa pesquisa precisa de etapas que enriqueçam o processo como um todo, por isso o tempo para conclusão varia bastante.

Bem, mas se você não conhece nada sobre a pesquisa mineral, aqui iremos apresentar as características mais importantes dessa área. Como são realizadas e a explicação de cada processo. Acompanhe as informações a seguir.

Trabalho em campo e laboratório

Bem, como dito acima, a pesquisa mineral na mineração está envolvida tanto com o processo em campo como com o estudo em laboratório. Isso significa que há muitos trabalhos para ser realizado e esses podem ser divididos da seguinte maneira:

  • Primeiramente há um estudo bibliográfico da geologia da região, assim como um trabalho com a geofísica do local;
  • A partir da obtenção de dados e imagens aerogeofísicas da região, é possível começar a análise física do local;
  • Depois disso, é necessário passar para o mapeamento geológico e a prospecção geofísica;
  • Quando ela termina, pode ser necessária a abertura de escavações;
  • Também é importante realizar a sondagem da região, identificando o que será mineralizado na área;
  • São feitas amostras sistemáticas;
  • Também é solicitada uma modelagem geológica em 3D;
  • Com a ajuda da sondagem e escavação, é possível realizar análises físicas e químicas das principais substâncias encontradas;
  • Após isso, é necessário um ensaio de beneficiamento dos minérios encontradas, aquelas que podem ser aproveitadas pela indústria.

Com qual objetivo é realizada?

Sim! É um longo trabalho e você deve está se perguntando qual o objetivo de tudo isso? Bem, o mais claro é observar a viabilidade econômica das ações de mineração na região. 

Além disso, irá avaliar a jazida corretamente, destacando os minerais que estão ali e, provavelmente, como utilizá-los.

Quanto à avaliação econômica, é importante destacar que pode ser um processo mais longo. Isso porque há um grande número de pesquisas envolvidas até o resultado final. 

É um processo que deve ser bem observado, visto que determinados processos geram um investimento alto, sem tanto retorno assim!

Em todo caso, a relação econômica é o que há de mais importante. Todo o processo de pesquisa mineral na mineração é realizado com base na possibilidade de exploração. 

Essa possibilidade somente é pautada quando há uma confirmação do lucro que virá das ações.

Tenha em mente que são empresas a explorar os locais. Dito isso, apesar de muitos minerais serem importantes para o mercado, nem sempre uma jazida deles é lucrativa para aquela instituição.

Sobre os processos da pesquisa mineral na mineração

Não há como realizar esse trabalho sem antes passar por diversos processos. Ao todo, são cinco fases importantes para que o trabalho possa ser realizado e elas mudam de acordo com o que já foi concluído. 

Dessa forma, para explorar qualquer jazida é necessário chegar a 5° etapa do processo, vamos deixar mais claro a seguir! 

Vale lembrar que todos estão pautados de acordo com os estudos ditos no começo desse texto, cada etapa aqui listada irá lidar com uma ou mais pesquisas.

A primeira etapa

A primeira etapa é também um processo burocrático. A partir do momento que certa área foi alvo dos olhares de certa empresa, há uma preocupação com as possibilidades de lucro na região. 

Assim sendo, o primeiro estudo feito é o bibliográfico. Depois disso, uma avaliação com base na aerogeofísica da região é realizada.

A partir desse estudo é possível começar o requerimento da área para as atividades de extração mineral. Somente a partir disso os estudos começam de verdade. 

A 2° etapa

Depois da autorização é possível começar o processo de estudo. Nesse momento, a segunda etapa começa com a obtenção de dados geológicos, além da observação de fatores da geoquímica do solo. 

Por fim, são feitos mapeamento e outros trabalhos com o objetivo de destacar possíveis anomalias na região. A ideia é estudar e lidar com elas, tendo em vista que já foram descobertas na etapa anterior.

Terceira etapa

Esse é o momento de lidar com as anomalias de forma mais abrangente. Devem ser feitos da maneira correta para obter um bom resultado na mineração, por isso há uma certa preocupação em encontrar uma equipe de profissionais qualificados para o serviço.

Vale lembrar que os levantamentos geofísicos aplicados à mineração são fundamentais nesse momento. 

Graças a eles é fácil identificar os possíveis problemas presentes na região. Além disso, as ações serão realizadas apenas nos locais já delimitados durante o mapeamento.

Quarta etapa

Essa etapa se baseia na realização de sondagens para descobrir os minérios em cada região. É necessária porque ajuda a diminuir a quantidade de ações no solo para encontrar materiais, sendo assim uma realização econômica para o processo.

Última etapa

Por fim, chegamos à fase de estudo do minério. Saber o teor de cada material encontrado durante a exploração do minério. 

Dessa forma, as análises físicas e químicas entram em cena, realizadas por uma equipe de profissionais especializados, como se espera.

Agora a jazida já é explorável, além disso, é economicamente viável começar os trabalhos ali!

Conclusão

A pesquisa mineral na mineração envolve muitas etapas e por isso acaba se tornando confusa na cabeça de muitas pessoas. É claro, para você que está lendo esse artigo, pode ser importante saber a quantidade de processos que ela passa antes de gerar o verdadeiro resultado.

Já você que tem interesse na área, nossa recomendação é que avalie cada item dito no início deste artigo. Como eles fazem parte das etapas para a exploração mineral, cada estudo ali citado é de suma importância.

Por fim, saiba que nem sempre são 5 etapas envolvidas, em certos casos são necessários outros trabalhos. Além disso, alguns materiais exigem menos etapas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

12 − 5 =